Campus

Livro fala de dores orofaciais e disfunção temporomandibular de forma científica e direta
Obra foi lançada durante o quinto “Congresso Satélite da Sociedade Brasileira de DTM e Dor Orofacial”, realizado totalmente on-line
Por USP - 03/12/2020


Foto: Divulgação

O professor Paulo Conti, do Departamento de Prótese e Periodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP, lançou o livro Disfunção Temporomandibular (DTM) e Dores Orofaciais: Aplicação Clínica das Evidências Científicas. A obra possui 479 páginas, 17 capítulos e conta com alguns coautores que são professores da FOB. O público principal do livro são alunos de graduação, pós-graduação, professores e clínicos de maneira geral interessados no tema.

As disfunções temporomandibulares, descritas no segundo capítulo, são distúrbios que acometem a articulação temporomandibular (ATM) e a musculatura mastigatória. São dores somáticas, profundas, classificadas como musculoesqueletais. Assim, apresentam características próprias, como acarretarem dor em função, além de apresentarem sensibilidade à palpação manual. As causas das DTMs são multifatoriais e parecem estar diretamente relacionadas a diversos fatores genéticos, comportamentais e de sobrecarga ao sistema.

O professor Paulo Conti esclarece que “o conteúdo desse livro retrata de uma maneira direta e científica tudo o que acreditamos ser mais correto e indicado para o controle de nossos pacientes com dores e disfunções, incluindo comorbidades dolorosas, cefaleias primárias, neuropatias orofaciais e as DTM”.

O livro foi lançado em setembro, durante o V Congresso Satélite da Sociedade Brasileira de DTM e Dor Orofacial (SBDOF), realizado de maneira virtual, pela Editora Dental Press de Maringá, no Paraná, e pode ser adquirido no site ou através das mídias sociais.

 

.
.

Leia mais a seguir