Campus

Prêmio busca melhor tese de matemática defendida no País em 2020
Trabalhos serão avaliados pela originalidade e qualidade e vencedor receberá premiação no valor de R$ 3 mil; inscrições estão abertas até 30 de julho
Por ICMC-USP - 15/07/2021


Prêmio Gutierrez tem inscrições abertas para teses de matemática de 2020 – Foto: 123RF

Estão abertas, até 30 de julho, as inscrições para o Prêmio Professor Carlos Teobaldo Gutierrez Vidalon 2021. A iniciativa reconhece a melhor tese de doutorado na área de matemática defendida no Brasil no ano anterior, considerando os quesitos originalidade e qualidade, oferecendo um prêmio de R$ 3 mil ao vencedor.

Esta será a 12ª edição do prêmio, que é realizado pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Para se inscrever, o autor ou orientador do trabalho deve preencher o formulário disponível neste link: icmc.usp.br/e/c0991. O edital completo pode ser acessado no site premiogutierrez.icmc.usp.br. A cerimônia de premiação acontecerá no dia 27 de setembro, às 14 horas, por meio das plataformas on-line do ICMC.

O Prêmio Gutierrez foi criado para homenagear o pesquisador peruano Carlos Teobaldo Gutierrez Vidalon (1944-2008), que chegou ao Brasil em 1969 para estudar no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), onde se tornou mestre e doutor em matemática. Nessa instituição, na qual trabalhou até 1999, começou como professor assistente e chegou à posição de titular.

Durante esse período, visitou vários importantes centros em matemática como a University of California, em Berkeley, e o California Institute of Technology. Após deixar o Impa, Gutierrez atuou como professor titular no ICMC, contribuindo com a fundação e organização do grupo de pesquisa em sistemas dinâmicos. Em sua carreira, publicou mais de 70 artigos, orientou sete alunos de doutorado e 20 de mestrado.

Última edição

O vencedor da edição de 2020 do Prêmio Gutierrez foi Carlos Andrés Chirre Chávez. Filho de um professor de matemática, Chirre nasceu em Lima, capital peruana, onde se formou em Matemática pela Universidad Nacional de Ingeniería (UNI). Também fez mestrado no país, no Instituto de Matemáticas y Ciencias Afines (Imca).

Seguindo a trajetória do pioneiro Gutierrez, Chirre saiu do Peru, sua terra natal, para continuar seus estudos no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa). Sob orientação do professor Emanuel Carneiro, o trabalho apresentado como conclusão de seu doutorado no Impa – intitulado Cotas para a função zeta de Riemann via análise de Fourier – foi reconhecido como a melhor tese em matemática defendida no Brasil em 2019.

“Estou muito feliz, pois o nome do prêmio reconhece o grande matemático peruano Carlos Teobaldo Gutierrez Vidalon, que é uma inspiração para os peruanos que estudaram no Brasil”, afirmou o pesquisador na ocasião.

Mais informações em http://premiogutierrez.icmc.usp.br ou pelo e-mail posgrad@icmc.usp.br.

 

.
.

Leia mais a seguir