Campus

Modelos matemáticos aplicados ao planejamento da saúde pública
Workshop em SP receberá pesquisadores internacionais que estudam progressão de epidemias
Por ICTP-SAIFR - 29/02/2020

Imagem: iStock
Malária é uma doença infecciosa comum em regiões tropicais e subtropicais,
transmitida por um mosquito. Atualmente, modelagens matemáticas
auxiliam nas estratégias para erradicar a doença

Conter a progressão de doenças infecciosas e epidemias pode ser desafiador. Há décadas, esta tarefa tem sido otimizada pelo uso de modelagens matemáticas que vão do planejamento de campanhas de vacinação em massa até estratégias para controle do espalhamento de doenças.

Na próxima semana, um workshop organizado pelo ICTP-SAIFR, centro de pesquisa associado ao Instituto de Física Teórica (IFT) da Unesp, irá reunir diferentes grupos de pesquisadores no tema e promover colaborações científicas.

O evento, intitulado "Workshop sobre Modelagem da Dinâmica de Doenças Infecciosas", será realizado entre os dias 2 e 4 de março no câmpus da Unesp localizado no bairro da Barra Funda, na cidade de São Paulo. 

Entre os palestrantes convidados, estão as pesquisadoras Sara del Valle e Carrie Manore (ambas do Los Alamos National Laboratory, EUA) e Lisa White (Oxford Dept. Medicine and Big Data Institute, Reino Unido).

Sara del Valle, que já esteve no ICTP-SAIFR para evento semelhante há dois anos, desenvolve modelos matemáticos sobre dispersão de doenças infecciosas, como varíola, anthrax e malária, e estuda como o impacto do comportamento social influencia na dinâmica dessas doenças.

Carrie Manore é pesquisadora que modela como as doenças se espalham em diferentes escalas e como a interação entre espécies invasoras e patógenos ocorre.

Lisa White se dedica ao estudo da malária, em especial na caracterização, surgimento e dispersão de espécies resistentes aos medicamentos atuais e como evitar que isso ocorra.

Para mais informações sobre o workshop, acesse esse link.