Campus

Com curadoria de professor da USP, exposição ensina sobre evolução humana
“Do macaco ao homem – Transições” pode ser visitada gratuitamente neste final de semana no Internacional Shopping, em Guarulhos
Por Fernanda Rezende - 29/10/2021


Exposição itinerante ensina evolução humana no shopping – Foto: Divulgação/Modulart.

Este é o último fim de semana para conferir a exposição itinerante Do macaco ao homem – Transições que está desde o início do mês no Internacional Shopping, em Guarulhos. Aberta ao público, a mostra inédita é uma realização conjunta do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP, do Museu Catavento e da empresa Modulart.

A curadoria é de Walter Neves, professor sênior do IEA, um entusiasta da divulgação científica para o grande público com vasta experiência em exposições museográficas. No IEA, ele coordena o Núcleo de Popularização dos Conhecimentos sobre Evolução Humana.

Do macaco ao homem – Transições trata do processo evolutivo humano, desde os primeiros bípedes, datados em sete milhões de anos, até o surgimento do Homo sapiens (homem moderno), há cerca de 200 mil anos. A história é contada por meio de réplicas de partes dos ancestrais humanos e ferramentas de pedra. No total, são seis bustos, seis crânios, sete hemicrânios, ferramentas e holografias, entre outros itens.

“Tendo em vista a especificidade do espaço onde está sendo montada, a exposição não tem um circuito obrigatório de visitação”, explica Neves. “Ela é composta por cinco módulos independentes, que poderão ser visitados em qualquer sequência, como o módulo da bipedia, o módulo da evolução do cérebro e o módulo da evolução da tecnologia da pedra lascada”, diz.

De acordo com ele, um dos pontos altos é a reconstituição facial dos ancestrais do homem, que mostra como eram seus rostos quando vivos. Outra atração é a cópia da reconstituição do esqueleto completo de Lucy e outra de como ela seria quando viva, entre os quais o visitante poderá ser fotografado. Lucy foi encontrada na Etiópia em 1974/1975 e pertence à espécie Australopithecus afarensis. Datada de 3,2 milhões de anos, revolucionou os estudos sobre evolução humana.

A participação é gratuita e indicada para qualquer idade. O evento segue todos os protocolos indicados pelas autoridades sanitárias, por isso para participar é obrigatório o uso de máscaras. Depois, a mostra deve circular por diversos espaços do país.

Exposição Do macaco ao homem – Transições
Data: Sexta e sábado (29 e 30 de outubro), das 10h às 22h, e domingo (dia 31 de outubro) das 14h às 20h
Local: Praça de eventos do Internacional Shopping
Rodovia Presidente Dutra, Saída 225 – Bairro Itapegica, Guarulhos, SP

 

.
.

Leia mais a seguir