Humanidades

É necessário cuidado ao estilo da NASA antes de permitir que a pesquisa influencie a política
A ciência comportamental deve passar por testes e revisão rigorosos antes de informar as políticas públicas, como as respostas do governo ao COVID-19, de acordo com um artigo na Nature Human Behavior
Por Oxford - 13/10/2020


Os níveis de preparação da tecnologia da Nasa em nove estágios devem ser aplicados à ciência comportamental antes que as descobertas sejam aplicadas ao público, de acordo com um novo artigo publicado na Nature Human Behavior.

O professor  Andrew K. Przybyls ki, diretor de pesquisa  do Instituto de Internet de Oxford , é coautor principal do artigo, que recomenda que os níveis de preparação para a tecnologia da NASA sejam usados ​​para garantir que novas ideias sejam testadas adequadamente antes de serem adotadas por governos e políticos.

O sistema da NASA prevê um processo de nove estágios, começando com 'princípios básicos' passando por 'operações de missão bem-sucedidas', para garantir segurança e eficácia. Tal abordagem à ciência comportamental pode ter um efeito significativo sobre como os governos decidem sobre a mistura de famílias ou se devem encorajar o uso de transporte público durante uma pandemia.

Professor Przybylski, diz, é positivo ver que os pesquisadores em ciências sociais estão voltando sua atenção para o desenvolvimento de soluções para ajudar os governos a lidar com o coronavírus. No entanto, todos nós precisamos garantir que as intervenções políticas informadas pela ciência do comportamento sejam rigorosamente testadas antes de serem usadas em pessoas da vida real em situações da vida real


O artigo argumenta que os métodos de pesquisa das ciências sociais e comportamentais podem dificultar saber se as políticas farão mais bem do que mal e pede cautela na forma como a pesquisa é comunicada durante as crises. A equipe também exige uma maior diversidade e experiência de pesquisadores e especialistas em filosofia, ética, estatística e gerenciamento de dados e códigos para trabalharem juntos para produzir pesquisas de relevância internacional.

 

.
.

Leia mais a seguir