Humanidades

Leonardo da Vinci definitivamente não esculpiu o busto de Flora
O busto de cera Flora, conservado no Museu Bode em Berlim, recentemente passou por datação por radiocarbono ( 14 C), que forneceu uma data precisa e um resultado incontestável: foi feito no século 19 , quase 300 anos após a morte de da Vinci.
Por CNRS - 16/04/2021


O busto de cera da Flora. Crédito: SMB-SPK

"É maquinação, é engano", disse o diretor-geral dos Museus Reais de Berlim em sua defesa, quando criticado por comprar uma falsificação. Wilhelm Bode não cedeu um centímetro: a escultura que adquiriu em 1909 era uma produção ainda desconhecida do grande mestre renascentista Leonardo da Vinci.

Depois de 100 anos e inúmeras controvérsias, um grupo de cientistas liderado por um pesquisador do CNRS provou que ele estava errado de uma vez por todas. O busto de cera Flora, conservado no Museu Bode em Berlim, recentemente passou por datação por radiocarbono ( 14 C), que forneceu uma data precisa e um resultado incontestável: foi feito no século 19 , quase 300 anos após a morte de da Vinci.

Como a escultura foi feita principalmente de espermacete, uma espécie de cera extraída de baleias, os pesquisadores tiveram que desenvolver um novo método de calibração para datar com precisão a obra de arte.

Seus resultados, publicados em 15 de abril de 2021 na Scientific Reports , mostram como a datação por 14 C pode ser aplicada a materiais incomuns.

 

.
.

Leia mais a seguir